Participa enviando as tuas fotos e textos para angueira.vimioso@gmail.com que nós publicamos

Angueira

Angueira
Localização: Angueira é uma aldeia situada no Norte de Portugal, no distrito de Bragança e concelho de Vimioso. Confina com as aldeias de Avelanoso, Serapicos, São Joanico e Caçarelhos, pertencentes ao concelho de Vimioso e com as aldeias de São Martinho de Angueira e Especiosa, pertencentes ao concelho de Miranda do Douro.
Acessos: a EM 546 dá acesso a Vimioso e a EM 545 dá acesso à N218 (Vimioso – Miranda do Douro) e à vila espanhola de Alcañices, via fronteira das Três Marras. Dista cerca de 12Kms de Vimioso, 22Kms de Miranda do Douro e 10Kms de Alcañices.

Coordenadas: 41º 36` N ; 6º 24` W
Área: 22,01 km²
Densidade populacional: 7,4 hab/km²
População residente: 162 habitantes
Edifícios: 128
Núcleos familiares residentes: 50
Actividades económicas: agricultura, pecuária e construção civil
Festas e Romarias: Nossa Senhora do Rosário e S. Lucas, ambas em Agosto e S. Miguel, no último fim-de-semana de Setembro
Património: Igreja matriz, capelas de Santo Cristo, de S. Sebastião e de S. Miguel, castros, fonte de mergulho e moinhos de água
Outros Locais: Rio Angueira, parque de merendas da Cavada, pesca (barbo, escalo, sarda e lagostim e zona de caça (lebre, coelho, perdiz, rola, pombo torcaz e javali)
Gastronomia: Posta à mirandesa, cabrito, enchidos, pão-de-ló, folar da Páscoa e roscos
Colectividades: Grupo Cultural e Recreativo de Angueira e Associação de Caçadores de Angueira
Orago: S. Cipriano



quarta-feira, 12 de maio de 2010

Segando ferranha com a gadanha



"Ferranha": centeio que foi semeado para pasto
"Gadanha": foice de cortar o feno, encabada num pau de metro e meio
(definições retiradas do "Vocabulário Barrosão" de Fernando Braga Barreiros)

6 comentários:

Emilio disse...

Este ano as vacas não passam fome, com tanta ferranha e pouco trabalho, é só p'ra engorda.

Anónimo disse...

força zé...!

Edite disse...

Assim é que é Zé, mostra a esta malta nova como é que se trabalha!

JMT disse...

Com o restolho que deixa, dá para ver que o Zé Piçarra tem muita ferranha, se não aproveitava melhor!

JLM disse...

Desde a introdução das novas tecnologias na agricultura, Ja nada é como antigamente... antes a ferranha, a cevada, o seródio, e afins; segava-se com uma "fouce", agora é com gadanha...??

JLM disse...

Volto alertar as/os angueirenses "em Lisboa", que no dia 30 de maio, os saomartineiros "em Lisboa", vão repetir o convívio anual, no cabeço de montachique. A verba a pagar, depende dos intervenientes, a despesa é dividida pelo nr de participantes. Garantimos um dia pelo de diversão e claro, barriga cheia. Para efeitos logísticos, convêm confirmar presença, até dia 20. Muito nos honrariam com a vossa presença.
Contacto mfergouveia@gmail.com